A CONAIE (Confederación de Nacionalidades Indígenas del Ecuador) denuncia, nesta carta de oito de outubro, o regime de terror instaurado pelo governo de Lenín Moreno. Para impor as medidas neoliberais acordadas com o Fundo Monetário Internacional (FMI), o governo impôs o estado de exceção no país, com toque de recolher. O presidente deixou o palácio...