Todo ano, em abril, os povos indígenas acampam na capital do país para se mostrar presentes diante dos representantes dos três poderes instituídos e estabelecer negociações. É o Acampamento Terra Livre (ATL). Em 2018, eles têm que enfrentar um governo que lançou uma ofensiva anti-indígena que fez derrubar, mais uma vez, o presidente da Funai...