Em resposta à demanda dos movimentos sociais no campo, a Universidade de Brasília (UnB) abriu uma licenciatura em Educação no Campo, com cota para indígenas, negros, pardos, estudantes de escolas públicas, bem como candidatos com deficiência. Serão 140 vagas; metade dos alunos começará o curso no segundo semestre de 2017, a outra, no primeiro de...